Auxílio Emergencial: saiu o calendário da 5ª parcela; confira

 Governo libera o calendário da 5ª parcela do auxílio emergencial que começa a ser paga no dia 20 de agosto

O calendário da 5ª parcela do Auxílio Emergencial foi anunciado nesta quinta-feira (12) pelo Governo Federal. São três parcelas, que serão pagas em agosto, setembro e outubro. Para novembro, o governo promete o “Auxílio Brasil”, o programa que irá substituir o Bolsa Família.

João Roma, ministro da Cidadania, disse que a quinta, a sexta e a sétima parcelas de 2021 corresponderão a cerca de R$ 20 bilhões. Ele também argumenta que não existem planos para promover uma nova prorrogação do benefício.

As regras do auxílio emergencial não mudou, primeiro receberão os beneficiários do Bolsa Família, a partir do dia 18 de agosto. Em seguida será a vez da população em geral, cujo calendário de depósito em Conta Poupança Social Digital, começa no dia 20 de agosto.

O auxílio emergencial continuará com os mesmos valores, ou seja, quem mora sozinho continuará recebendo R$ 150; a família com duas ou mais pessoas, R$ 250 e as mães chefes de família R$ 375.

Quem pode receber o auxílio emergencial 2021

Para receber o auxílio emergencial 2021 será necessário cumprir os seguintes critérios:

ter recebido o auxílio emergencial em 2020
ser trabalhador informal ou beneficiário do Bolsa Família
ter renda familiar mensal de até três salários mínimos (R$ 3.300)
ter renda familiar por pessoa de até meio salário mínimo (R$ 550).


Para saber se você tem direito de receber a prorrogação do Auxílio emergencial basta entrar no portal da Dataprev https://consultaauxilio.cidadania.gov.br/consulta/#/

Site da Caixa: auxilio.caixa.gov.br

ou pelo telefone 111.

Veja o Calendário da 5ª parcela



teste