Seguro Desemprego: Doméstico também recebe do governo as parcelas após ser demitido - Dinheiro e Economia

Seguro Desemprego: Doméstico também recebe do governo as parcelas após ser demitido

Tabela de Conteúdos [fechar]

     Seguro Desemprego: Doméstico também recebe do governo as parcelas após ser demitido O Seguro-Desemprego para o empregado doméstico tem a finalidade de garantir assistência financeira temporária em caso de desemprego involuntário (demissão sem justa causa).


    O trabalhador recebe no máximo três parcelas do benefício no valor de um salário mínimo.

    SITUAÇÃO EM QUE EMPRGADO DOMÉSTICO PODE SOLICITAR SEGURO DESEMPREGO

    Trabalhador doméstico dispensado sem justa causa que:

    a) não possua renda própria para seu sustento e de sua família;

    b) tenha trabalhado pelo menos 15 meses nos últimos 24 meses;

    c) não receba nenhum benefício previdenciário, com exceção do auxílio-acidente e de pensão por morte; e

    d) tenha solicitado o seguro-desemprego no prazo de 7 a 90 dias contados da data da demissão.

    COMO FAZER O PEDIDO DO SEGURO DESEMPREGO

    Você deve fazer o pedido por meio de:

    a)      Aplicativo da Carteira de Trabalho Digital. Clique em Benefícios, escolha solicitar seguro-desemprego – empregado doméstico e indique o número do CPF do empregador, data de admissão e data de demissão;

    b)      Portal de serviços 

    c)      Pelo telefone 158

    QUAIS SÃO OS DOCUMENTOS EXIGIDOS PARA SOLICITAR O SEGURO DESEMPREGO

    Documentação em comum para todos os casos

    CPF do empregador

    Data de admissão

    Data de demissão

    Canal alternativo de solicitação

    Caso você não consiga pedir por nenhum meio acima listado, preencha o formulário com dados pessoais e de seu último emprego.

    Digite Um Comentário