Saque-emergencial do FGTS: Trabalhadores já podem sacar saldo de até R$ 2,9 mil; veja o calendário

O saque emergencial é uma alternativa para o trabalhador sacar uma parte do seu saldo do FGTS, sem que seja por demissão sem justa causa.

Os trabalhadores que aderiram a modalidade do saque-aniversário do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), já podem verificar quando receberão o benefício através do calendário liberado pela Caixa Econômica Federal.

O saque emergencial é uma alternativa para o trabalhador sacar uma parte do seu saldo do FGTS, sem que seja por demissão sem justa causa. O pagamento do benefício é distribuído conforme o mês de aniversário do trabalhador.

Em relação ao valor distribuído, este pode variar de acordo com a quantia disponível nas contas ativas e inativas do FGTS, podendo chegar a R$ 2.900 mais um percentual do saldo. O saque estará disponível a partir do mês de nascimento do trabalhador até o final do segundo mês subsequente.

Desta forma, o prazo de resgate já está finalizado para os cidadãos nascidos em janeiro e fevereiro. Até o momento, podem sacar os nascidos em março, abril e maio. Observe o calendário a seguir:


Qual o valor do saque-emergencial do FGTS?

O valor concedido ao trabalhador dependerá do saldo depositado em suas contas ativas (do emprego atual) e inativas (de empregos anteriores) do FGTS. O pagamento é baseado em um percentual da cota, que pode variar entre 5% e 50%, além de uma parcela adicional de até R$ 2.900.

Confira a tabela a seguir:



teste